15 outubro, 2015



Romenyck Stiffen Setembro
Mais um: Mais um conceituado jornalista de Pernambuco, aponta uma possível vantagem do vereador Fernando Aragão, na corrida a prefeitura de Santa Cruz em 2016, desta feita foi Aldo Vilela, que assina a coluna “Ponto a Ponto” no Jornal Diário de Pernambuco. A coluna foi produzida e publicada nesta quarta-feira (14).

A coluna: Com o titulo “Boa largada” Vilela traz que “O vereador e pré-candidato a prefeito Fernando Aragão (PTB) conseguiu unir o grupo de oposição em torno do seu nome em Santa Cruz do Capibaribe. Pesquisas realizadas no município são favoráveis ao petebista, que tem o aval do ministro e senador licenciado Armando Monteiro Neto (PTB)”.

Discorda: Em entrevista ao Blog Direto ao Ponto o prefeito Edson Vieira (PSDB) falou: “Eu tenho absoluta certeza que ele (Magno) não tem essa pesquisa. Sei como foi comentado tudo isso. Nós temos dados internos e sei que o nosso adversário também tem”. Agora falta Vieira responder em relação ao Jornalista Aldo Vilela.

Comemorando: No próximo sábado (17), o prefeito Edson Vieira irá comemorar o seu 42° aniversário e aproveitará o momento para estreitar os laços com a imprensa da região em um café da manhã em sua residência. Uma das expectativas de bastidores é que o prefeito apresentem números de pesquisa, no mínimo a de aprovação de governo.

Todo vapor: Se encontra a todo vapor a construção da Central de Feiras e Mercados. A mesma contará com mais de 30 boxes e concentrará ainda o açougue e o comércio de estivas. O prefeito Edson Viera e o secretário Gilson Julião pretendem entregar a obra até o dia 29 de dezembro deste ano.

Calendário: Informações de bastidores dão conta que nos próximos dias, o prefeito de Brejo da Madre de Deus, Dr. Edson (PTB) irá anunciar um calendário de pagamento para o final do ano, no mesmo estaria que o planejamento do pagamento do décimo terceiro, o terço de férias, o mês de dezembro e alguns retroativos seriam pagos até o Natal.

Repetindo: Caso o prefeito Dr. Edson (PTB) coloque em prática esse calendário, estaria repetindo o que ocorreu no ano passado e, estaria em tempos de crise, dando uma aula de planejamento nos gestores das demais cidades da região que mal estão conseguindo cumprir os pagamentos atuais.

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador


Fonte: Ney Lima