09 janeiro, 2016












Depois do Zika Vírus, Dengue e Chikungunya doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti atingir boa parte da população do agreste pernambucano, uma cidade vinha tendo poucos casos, a cidade de Brejo da Madre de Deus. 

Na última sexta-feira (08) a UPA mestre Camarão ficou lotada em Brejo da Madre de Deus, as pessoas apresentavam os sintomas da doença, a direção da UPA informou que por dia estar sendo registrado quase 300 casos. 






















A direção também diz que os pacientes não são apenas de Brejo, mais Itaúna, Belo Jardim e Santa Cruz. para a Oposição ao governo, a falta dos fumace deixados na prefeitura pelo ex-prefeito Roberto Asfora não estar nas ruas e o concerto de alguns esgotos vem ajudando e muito a esses mosquito se reproduzir.

A situação acredita os focos maiores vem de Mandaçaia, Catolé e São Domingos, tento em vista a ligação dos distritos e sítio com a cidade de Santa Cruz do Capibaribe através do Moda Center. 


| Blog do Allison Torres | 
| Fotos: Coió |