25 fevereiro, 2016


Dengue
Entre 3 janeiro e 13 de fevereiro deste ano, Pernambuco notificou 12.815 casos de dengue e confirmou 1.476. Houve ocorrências em 158 municípios. Isso representa um aumento de 119,51% em relação ao mesmo período de 2015, quando foram notificados 5.838 casos e confirmadas 2.935 ocorrências.

Atualmente, Pernambuco investiga 25 mortes por dengue. No mesmo período de 2015, houve a notificação de seis óbitos.

Entre os 184 municípios pernambucanos, 39 municípios lideram as estatísticas de incidência de dengue, nas duas últimas semanas. A contabilidade é feita a partir da relação entre número de ocorrências e a população (casos por 100 mil habitantes). Entre eles, estão: Poção (Agreste), Sanharó (Agreste), Goiana (Mata Norte), Cumaru (Agreste), João Alfredo (Agreste), Ferreiros (Mata Norte- campeão em índice de infestação), Brejo da Madre de Deus (Agreste) e Camutanga (Mata Norte).

Chikungunya
Entre 3 de janeiro e 20 de fevereiro, foram notificados 3.920 casos suspeitos de chikungunya em 127 municípios. Desse total, 154 foram confirmados e 291 descartados. Há um óbito em investigação.

Em 2015, foram notificados 2.605 casos suspeitos, sendo 450 confirmados (3 importados, 2 no município de Iguaraci e 1 em Itaíba, todos com infecção no estado da Bahia; e 447 confirmados autóctones, sendo 220 na Região Metropolitana do Recife) e 589 casos foram descartados.

Zika
Entre 3 de janeiro e 20 de fevereiro, foram notificados 2.840 casos suspeitos. Ainda não há confirmações de casos em 2016. Em 2015, desde o início das notificações obrigatórias (a partir de 10/12), foram notificados 1.386 casos.

Em 2015, Pernambuco confirmou 46 casos em 20 municípios (Bom Jardim, Camaragibe, Caruaru, Flores, Goiana, Glória de Goitá, Frei Miguelinho, Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes, Lagoa do Carro, Manari, Olinda, Paudalho, Paulista, Petrolândia, Recife, São José do Egito, Serra Talhada, Surubim e Vertentes).

Informações G1 Caruaru e região