12 abril, 2016















Com as chuvas ocorridas nas últimas semanas, no Sertão do Pajeú, as cidades de Brejinho e Itapetim, e o distrito de Borborema, em Tabira, voltarão a receber água pela rede de distribuição da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).

São José do Egito também foi agraciada pelas chuvas e terá seu abastecimento ampliado até maio. De acordo com a Compesa, diversos mananciais que estavam totalmente secos represaram água, alguns chegaram a transbordar. A estimativa é que o volume de água acumulado deve suprir a demanda de abastecimento nessas cidades por até três anos, caso não volte a chover nesse período.

Além de tirar cidades do colapso hídrico, as chuvas da última semana também deram mais tranquilidade às localidades que estavam em situação crítica. Em São José do Egito, a recuperação dos mananciais São José I e São José II, com volumes acumulados de 50% e 37,6%, respectivamente, permitirá que até 80% da cidade fiquem fora do rodízio a partir de maio.

A cidade, que também recebe água da Adutora do Pajeú, tem áreas onde a rede de distribuição ainda precisa ser modernizada, por isso esse índice não chega, agora, aos 100%. Nas áreas que ficarão com rodízio, o calendário será de quatro dias com água para quatro sem água.

Informações do Blog de Igor Maciel