18 abril, 2016




Deu na Pedra 1 - Como diz o ditado: “A voz do povo é a voz de Deus” foi assim a votação do impeachment nesse domingo, onde o resultado foi acima do esperado com 367 votos pro continuação do processo.

Deu na Pedra 2 - Acompanhamos voto a voto e nossa equipe ficou estarrecida com o despreparo e a incapacidade de muitos deputados, pessoas que representam o povo. Vamos ter mais cuidado em quem votar...

Em Brejo - A cabeça dos eleitores boca preta ferveram, muitos não sabiam que o Deputado Federal Bruno Araújo do PSDB que aqui pedia voto para Dilma nas últimas eleições, junto com o atual Prefeito, votou a favor do impedimento da Presidenta, ora, nas redes sociais muitos xingamentos contra o deputado.

Em Brejo... 2, a confusão - Situação tem um clima de união bem desagradável, vejamos: Luciana Santos PCdoB, e madrinha do pré candidato Rubinho Nunes, (Contra) Bruno Araújo PSDB ligado a Josevaldo e Hilário (A Favor) O Pessoal do Sindicato Rural (Contra) O PP de Eduardo da Fonte, e também da Vice (A Favor), ainda tem o deputado Wolney PDT que veio em 2012 pedir votos no palanque do atual prefeito (Contra) PMDB (A FAVOR) O Próprio PTB, de Armando Monteiro e do atual Prefeito votou (2 Contras e 1 a Favor), pense numa mistureba....

Em Brejo... 3, a União - Uma vez conversando com um amigo, ele me disse que Roberto Asfora (PSDB) era um verdadeiro líder, além disso, carismático e muito atento aos seus eleitores. Sempre se manifestou contrário a esse governo do PT, Seu partido, o PSDB votou fechado a favor do Impeachment, o PSB pernambucano e do vereador Robertinho Asfora também, o deputado apoiado por Asfora, e do partido do vereador Avecino Lima, Anderson Ferreira (PR) votou SIM, contribuindo para a grande votação e o resultado esperado pela maioria dos brasileiros.

Voto de número 324

Por ironia do destino, foi do deputado Bruno Araujo (PSDB) o voto de número 324 que creditava o andamento do processo de impeachment causando um stress total no eleitor brejense que era contra o golpe, mas em 2014 foi orientado e até mesmo obrigado a votar em Dilma, e no deputado Bruno Araújo, para atender aos caprichos do grupo Boca Preta. É o que a gente chama, de criar sarna pra se coçar....