16 maio, 2016

Essa é uma pergunta que muitas pessoas ainda têm em mente sem a respostas, outras até tem a resposta mais sem base para sua argumentação. Vamos conversar um pouco sobre essa pergunta ‘’ Existe problemas em fazer ou continuar amizade com pessoas não evangélicas?’’

O primeiro passo é entender, o que é amizade? O dicionário vai trazer nos seus sinônimos: amor, cumplicidade, afeição, generosidade, apego, sentimento e etc. Volto a perguntar; existe problema em fazer ou continuar amizade com pessoas não evangélicas? Me prendo a afeição entres as várias características de uma amizade.

Afeição: Afeição vai muito mais além de uma simples paixão, ter uma amizade afeiçoada vai muito mais além do que o simples fato de um colega, ou até mesmo amigo. Ai já encontramos um primeiro ponto, sobre quando dizemos que temos amizades verdadeiras, se você diz que tem amizade com alguém, deve desenvolver as características de uma amizade. 

Existe problemas em fazer ou continuar amizade com pessoas não evangélicas?

Nas Sagradas Escrituras (Bíblia) vamos encontrar por diversas vezes que não é bom o ser humano viva só, sem amizades. No (Gênesis 2:18) Deus disse: ‘’ não é bom o homem esteja só’’. Ao passarmos a ler as Sagradas Escrituras começamos a nos deparar com situações onde o individualismo não é de maneira nenhuma vivido, em (1 Samuel 20:1-43) Davi faz uma aliança com Jonatas. Em (Eclesiastes 4:9) a Palavra vai nos trazer a importância de não ser ‘’ Sozinho, isolado de todos’’. Esses dois foram apenas alguns versículos dos vários que existe para ‘’ Uns para com os outros’’. Esse não é o grande problema, até que entendemos a importância da amizade, mas na verdade não fazemos ela de uma forma correta. 

A bíblia não vai nos dá regras de amizade, porém vai nos trazer princípios para uma boa amizade, uma amizade de caráter, desinteressada, além dos nortes para uma amizade sadia. Salomão em seus Provérbios vai formas de como desenvolver uma amizade sadia. (Provérbios 17:17) O amigo ama em todos os momentos. (Provérbios 27:9-10) do conselho sincero do homem nasce uma bela amizade. Não abandone o seu amigo nem o amigo de seu pai. 

Não existe regras para amizade, você pode sim fazer amizade com pessoas não evangélicas, na verdade deve fazer, se o Cristão tem em mente que só pode ter amizade com pessoas não crentes, ele está literalmente equivocado, se assim é seu pensamento, deve começar a se preocupar com seu emprego, escola, seu futebol no final de semana ou no caso das meninas o passeio pela avenida nos finais de semana, em seu trabalho eu acredito que não sejam todos cristãos, na sua turma de faculdade, escola, futebol na maioria das vezes não são todos cristãos, você deve desenvolver amizade com as pessoas que não conhece na faculdade ou serviço? Sim, deve desenvolver e a partir daí, começar a evangelizar essas pessoas. 

É difícil de entender

O que é difícil muitos cristãos entender nos dias de hoje é os limites de uma amizade, dá amizade não cristã apenas? Não! Paulo em uma de suas cartas vai escrever para uma Igreja, e vai dizer aos crentes dessa Igreja. Não se deixem enganar: "as más conversações corrompem os bons costumes". (1 Coríntios 15:33) O apostolo escreveu para Cristãos, em outas palavras Paulo estava dizendo; ‘’ Vocês devem conversar, mas, as más conversações vai corromper seus bons costumes’’ em outro momento Paulo faz uma advertência ainda mais séria. Mas agora vos escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com o tal nem ainda comais. (1 Coríntios 5:11) Outra vez o apostolo Paulo vai dizer aos crentes de coríntios, não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador. 

Os limites de amizades não existem apenas com pessoas que não professa a mesma fé que a sua, existe entre todos, de cristão a ateu eu posso desenvolver minhas amizades, isso lógico dentro de um limite. 

Outro pondo difícil de entender por muitos e até mal interpretados é dizer que: a partir do momento que você toda a decisão de seguir a Cristo, deve abandonar suas amizades, essa é uma afirmação equivocada. Os limites vão existir, sempre! Não que a salvação vai se conquistando com ‘’ porcentagem’’ mas é preciso primeiro ter uma base bíblica, um caráter Cristão, uma mudança de vida, para ser que você volte até o mesmo contato com pessoas não cristã e um pé atrás com amizades até mesmo cristã como Paulo alertou os coríntios. 
É possível você cristão notar quem são seus verdadeiros amigos, aqueles que você deve desenvolver uma afeição na amizade com eles, ainda em Coríntios, Paulo diz; Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo. (1 Coríntios 3:16,17)

Se nossos ‘’ amigos’’ tem pensamentos que sejam de destruição do templo de Deus e que o Espírito dele habita, que somos nós! O conselho também é bíblico; Afastem-se de toda forma de mal. (1 Tessalonicenses 5:22)

Chego à conclusão de que; amizade não existe regras, e sim limites. Como cristão que sou devo impor limites em minhas amizades, caso seja novo na fé, é fácil de ser influenciado, devo fugir pois não tenho base suficiente ainda para defender o que tenho crido, e posso ser influenciado a tal ponto de destruir o templo do Espírito de Deus. Jesus por sua vez disse: E, se a tua mão direita te faz tropeçar, corta-a e lança-a de ti; pois te é melhor que se perca um dos teus membros do que vá todo o teu corpo para o inferno. (Mateus 5:30) Novamente vemos limites, Jesus não estava dizendo que era para arrancar nossa mão, em uma aplicação bem simples ‘’ Corte coisas que te faz tropeçar’’ se uma amizade, podem limite, faça uma podagem dessa amizade, rege-se a se mesmo com água (Palavra de Deus). Para ser que você tenha uma boa sombra para descansar nos ombros de um amigo.