09 maio, 2016










Após recebermos a notificação hoje pela manhã (09) da advogada Juliana Ferreira (OAB 39044) decidimos por bem fazer a retratação dos fatos ocorrido em uma matéria publicada em nosso blog com o titulo: ''Revoltante: garoto especial é agredido por professor na escola especial em Brejo da Madre de Deus".

Na última sexta-feira (06) o suposto agressor procurou a advogada para entrar na justiça contra a matéria, dendo em vista que a matéria foi divulgada sem ouvir a versão do professor e sem ouvir a escola (diretora) que o professor ensina. 

A ação foi aberta na Secretária de Defesa Social junto a policia civil na delegacia de policia da 107ª circunscrição em Brejo da Madre de Deus. 

O Blogueiro Allison Torres foi acusado por calúnia pela matéria do dia 06/05/2016 pelo professor João Pedro que foi citado na matéria. 

Venho diante deste fato me retratar com o professor João Pedro pela exposição do seu nome sem ouvir o mesmo.

Sobre a matéria ainda quando falamos que a mãe de nome ''Suzana'' teria procurado nossa equipe, temos usar uma figura de linguagem. Uma vez em que a mãe pediu ajuda a uma senhora para levar os fatos para a mídia.

Segundo a senhora que passou as informações a mãe estaria revoltada e não ia deixar essa situação impune.

Não temos nenhuma informação de certeza que tenha sido realmente João que teria agredido a criança, uma vez que segundo a Dra Juliana as agressões mostravam claramente que não era daquele dia.

O professor conversou comigo e falou que o fato já foi esclarecido. 

Gostaria de pedir desculpa ao professor pela exposição do nome do mesmo sem mesmo ter consultado o profissional, vale ressalta que não conheço o professor e nenhum muito menos quis prejudica-ló.

Lamentavelmente muitas pessoas velaram pelo lado político, além de diversas pessoas a criticando e falando mal dele.

De ante mão quero deixar claro que a notícia vai ser excluída das minhas redes sociais após a publicação dessa retratação. 


Allison Torres  09.05.2016