01 julho, 2016















O Blog Agreste Notícia tomou conhecimento agora a pouco, através do vereador Wagner Assunção (Bolão), sobre o resultado do pedido de informação feito pelo deputado federal Nilson Leitão (PSDB-MT) a pedido do deputado federal licenciado e ministro das Cidades Bruno Araújo (PSDB-PE), a respeito da viabilidade do prefeito de Brejo da Madre de Deus/PE, Dr. Edson de Sousa (PTB), disputar o mesmo cargo na eleição de outubro que se aproxima.

O detalhe é que, Dr. Edson exerce seu segundo mandato consecutivo, após ter sido reeleito em 2012, mas devido à interrupção de seu segundo mandato em abril de 2013, o Petebista cogitava a possibilidade de disputar o pleito eleitoral sobre o argumento que teve seu segundo governo prejudicado por cerca de um ano e quatro meses, período que esteve fora da Prefeitura Municipal, já que só foi reintegrado ao cargo para qual foi reeleito em Agosto de 2014, depois que o Tribunal Superior Eleitoral (STE), considerou que as denúncias não justificavam em perda de mandato.

Por unanimidade, os ministros Napoleão Nunes Maia Filho, Henrique Neves da Silva, Luciana Lóssio, Luiz Fux, Rosa Weber e Gilmar Mendes (presidente do TSE), acompanharam o voto da relatora ministra Maria Thereza de Assis Moura.

Com a impossibilidade de disputar a próxima eleição, o prefeito Edson deverá nos próximos dias anunciar o candidato que deve concorrer a sua sucessão pelo partido denominado ‘boca-preta’.

Os vereadores Hilário Paulo, Josevaldo Lopes e Bolão, além do empresário Rubinho Nunes, almejam a ‘cabeça’ da chapa majoritária.

Do: Blog Agreste Notícia