09 agosto, 2016













Foto: Arquivo Blog do Ney Lima.



Na manhã desta terça-feira (09) a equipe do Blog do Ney Lima se dirigiu ao fórum de Santa Cruz do Capibaribe. 

O objetivo foi obter informações sobre o andamento do processo do caso “Comprove Motos”, que segue tramitando na Justiça desde outubro de 2013. 

Relembre o caso 

A Comprove Motos, empresa que pertencia ao chamado “Grupo Comprove”, atuava em diversas cidades de estados como a Paraíba e Pernambuco, entre elas Santa Cruz do Capibaribe. 

Ela foi denunciada pelo Ministério Público pela prática de crime financeiro (na modalidade Pirâmide) contra seus contratantes, onde centenas de pessoas (a maioria de Santa Cruz) que adquiriram consórcios para compra de veículos, relatavam que, mesmo tendo sido sorteadas e inclusive já tendo seus bens quitados, não os recebiam os bens há mais de 120 dias. 

Muitos dos valores mencionados pelos consórcios variavam de R$ 7 mil a até R$ 40 mil. Além disso, consumidores lesados procuraram o Procon no município e, segundo o órgão à época, constava que a empresa tinha entrado com pedido de falência. 

A Comprove Motos, que tinha sua sede na Avenida 29 de Dezembro, foi alvo de interdição judicial em 16 de outubro do mesmo ano, onde computadores e documentos foram apreendidos (clique na imagem e veja a matéria completa).
































O andamento do processo

De acordo com informações fornecidas pela 2ª Vara Cível do Fórum do município, já houve o bloqueio de bens e valores pela Justiça, porém os mesmos não foram mensurados.

Ainda de acordo com as informações, com algumas mudanças que houveram no Fórum, o mesmo foi transferido da terceira para a segunda vara cível, onde novos documentos estão sendo anexados.

Ainda de acordo com as informações, em até 20 dias o processo deve ser concluído, para que passe a ser apreciado pelo juiz do caso. Passados mais de dois anos, o caso ainda não tem previsão para ser julgado.

| Do: Blog do Ney Lima |