29 maio, 2017













Jardim do Agreste 

Há anos não chove como aconteceu nas últimas 24h em Belo Jardim, no Agreste pernambucano. Segundo relatório da APAC, a Agência Pernambucana de Águas e Clima, emitido às 10h10min deste domingo (28), choveu 79,4mm.

Já há informações de que a cabeceira do Rio Bitury está recebendo muita água, fato que podemos comprovar no canal que corta cidade, que já teve o seu volume de água aumentado.

A Barragem do Bitury, responsável pelo abastecimento do município e que tem capacidade para até 17 milhões de metros cúbicos, já começa a receber os primeiros volumes d’água. Ela entrou em colapso total há exatamente um ano, o que faz com que toda a cidade seja abastecida por caminhões-pipa até os dias de hoje.

O município também conta com a Barragem Pedro Moura Júnior que já chegou a reter 30 milhões de metros cúbicos de água, mas que também está em colapso.

As secretarias de agricultura e de obras do município já estudam ações de terraplanagem para a zona rural e um plano de limpeza para retirar os entulhos e lixos de bairros que nunca receberam esse tipo de serviço, como o Viana e Moura da BR-232 e da Fazenda, Morada Nobre, Tereza Mendonça, só para citar alguns exemplos.

Estamos em contato com a Compesa a fim de fazer o levantamento dos índices fluviométricos dos nossos reservatórios, pois a previsão é de chuva forte para hoje. Em breve, saberemos os números oficiais.