30 agosto, 2017

Corte de salário em Brejo da Madre de Deus


Após alegar crise, o prefeito de Brejo da Madre de Deus, Hilário Paulo decidiu fazer cortes nos salários do vice prefeito, secretários, contratados e no seu próprio salário. A gestão prevê um economia na casa de 2 milhões de reais.

O salário do prefeito cairá de R$ 18 mil para R$ 16 mil reais, o vice-prefeito Josevaldo terá o salário reduzido de R$ 9 mil para R$ 8 mil e os secretários passarão a receber R$ 5.100,00. Antes o salário era de R$ 6 mil.
“Com essa medida evitaremos demissões, pois estamos reduzindo os salários de quem ganha mais, inclusive o meu e do vice-prefeito. Temos um compromisso com a nossa população e isso nos faz cortar da própria carne para garantir os serviços públicos e a continuação dos investimentos que têm o objetivo de estruturar o nosso município”, disse Hilário.
A redução nos salários dos servidores deve permitir que a Prefeitura de Brejo da Madre de Deus feche suas contas de 2017 conforme as diretrizes previstas na Lei de Responsabilidade Fiscal, que prevê que a despesa com pessoal não ultrapasse 60% do orçamento dos municípios.

O prefeito não anunciou de quanto séria o corte no salário dos servidores contratados, mas com a previsão de economizar os 2 milhões o calculo seria o seguinte: 

Cortes

2.000,00 mil reais do prefeito
1,000,00 mil reais do vice
900,00 reais dos secretários

Esses 3.900,00 reais x 12 meses é igual a 46.800,00 mil reais
Se a expectativa for durante 1 ano o valor que será economizado dos servidores será: 1,999,953 reais.

Se caso a economia for até o final do ano, contanto do próximo mês (09)  os números dos cortes para o servidores aumenta ainda mais ao mês. vale ressaltar que falta transparência da prefeitura como ficará esses cortes.

De Setembro á Dezembro: 15,600 mil reais do prefeito, vice e secretários
De Setembro á Dezembro:  1,984,400 dos servidores.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário