09 janeiro, 2018

Maluf continuará atrás das grades



O IML do Distrito Federal voltou a atestar que Paulo Maluf pode ficar preso na Papuda, “desde que assistido pela equipe médica” da penitenciária de Brasília.

O instituto respondeu a questionamentos da defesa de Maluf, encaminhados pelo juiz Bruno Macacari. Reafirmou que o deputado sofre de “doenças graves”, mas pode continuar detido.

Os advogados do ex-prefeito de São Paulo tentam obter uma “prisão domiciliar humanitária”. A Vara de Execuções Penais ainda deverá receber mais esclarecimentos da Papuda e avaliar a posição do MP antes de decidir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário