21 abril, 2020

LIVE EM CASA COM JOBSON BARROS


O Publicitário Allison Torres, conversou hoje (21) com o vereador de Brejo da Madre de Deus, Jobson Barros (PL). Ele foi o entrevistado de hoje no quadro "live em casa". 

Jobson Barros lembrou sua trajetória política que iniciou em 2004 quando disputou pela primeira vez uma vaga na Câmara de Vereadores de Brejo da Madre de Deus, voltou a disputa em 2008, ficou na primeira suplência em 2012 e finalmente venceu as eleições de 2016. 

CÂMARA DE VEREADORES
Sobre os trabalhos do presidente Flávio Diniz a frente na Câmara de Vereadores, o vereador explicou o processo de articulação para conseguir a presidência do poder legislativo, ele falou que os nomes de Avecino Lima, Bolão, Professor Marconi e do próprio estava a disposição, porém, em conversas com Josevaldo Lopes (vice-prefeito) chegou-se a conclusão de que para vencer as eleições da Câmara teriam que trazer alguém de lá (referindo-se ao grupo de situação). 
"Eu percebi que para ganhar a eleição era preciso abrir mão". Disse Jobson após tirar seu nome da disputa e completou posteriormente: "Flávio no primeiro ano tinha mais diálogo com a gente, a partir do segundo ano os diálogos não vinham acontecendo mais como deveria." Disse. 
O vereador também disse que o tratamento do presidente Flávio Diniz não é o mesmo após sua volta ao grupo de situação. Sobre os 448,00 R$ Mil reais que serão gastos na reforma do novo prédio da Câmara Municipal, o parlamentar foi categórico. 
"Eu sou totalmente contrário, eu fui primeira pessoa a falar sobre isso. O valor colocado pelo presidente é alto. Jobson ressaltou que em nenhum momento foi passado pela Câmara uma votação sobre esse valor."
Sobre o projeto de lei municipal n° 522/2020 que foi de forma unânime aprovado e trata-se do aumento salarial dos vereadores de Brejo a partir de 2021, Jobson defendeu. Ele fez questão de lembrar que não se trata de um aumento imediato, muito pelo contrário, o reajuste só entraria em vigor em 2021. 

O parlamentar lembrou que nunca votou contra os servidores públicos, e contou sobre sua luta em seus serviços sociais, justificando assim sua defesa ao reajuste salarial. 
"Esse aumento para o vereador que trabalha, que da resultado a população, eu acho que esse valor não é alto." Disse. 

RUBINHO NUNES X ROBERTO ASFORA 
Durante sua fala ele disse que respeita muito Rubinho Nunes, lembrou que antes de caminhar com Rubinho já tinha uma certa admiração pelo empresário. Jobson lamentou alguns fato ocorridos nas eleições de 2018. 
"Na campanha de Deputados, eu particularmente não comunguei com algumas posições, alguns direcionamentos, algumas situações de se fazer campanha que Rubinho queria fazer ou fez, porém ficou alguns arranhões." Falou Jobson Barros.   
Ele recordou que o resultado das eleições foram positivos, mas, ficou os arranhões, Jobson disse que não vinha sendo atendido depois da eleição como deveria. 

Jobson voltou a dizer que conversou com os seus cabos eleitorais, familiares e amigos antes de tomar qualquer decisão (referindo-se a volta ao grupo de Roberto Asfora). 
"Eu sempre preguei pela união do grupo." disse em outro momento.
Em seguida Jobson disse que ver nesse momento Roberto Asfora como o melhor nome, e reforçou a questão da união das oposições, só que agora os nomes de Josevaldo e Rubinho como vice de Roberto Asfora.  

Contudo, Jobson disse que ver Rubinho como um pré-candidato a prefeito que não vai abrir mão.
"Queria muito Rubinho como vice, o próprio Josevaldo como vice, enfim, essas oposições unidas para ganharmos as eleições." Contou. 
Questionamos sobre as indas e vidas de Diogo Moraes nos grupos políticos de Brejo da Madre de Deus, Jobson disse que o deputado tem serviço prestado no município, e que não vai opinar as decisões, "Só posso falar de Diogo a partir de 2016".  

Ping pong, para quem Jobson Barros tira o chapéu:
  1. Frailan Motta – Não tira o chapéu 
  2. Roberto Asfora – Tira o chapéu
  3. Prefeito Hilário Paulo – Não tira o chapéu
  4. Diogo Moraes – Tira o chapéu
  5. Maria José do Tambor – Tira o chapéu
  6. Rubinho Nunes – Tira o chapéu
  7. Flavio Diniz – Tira o chapéu
  8. Sítio Tambor/Brejo da Madre de Deus Tira o chapéu
Que ver as justificativas sobre o tira ou não o chapéu? Veja a live, ela está em nosso Instagram até às 17h00 da próxima Quarta-feira, clique aqui e assista. 

Conteúdo: Blog do Allison Torres

Nenhum comentário:

Postar um comentário