05 maio, 2020

No Futebol


O Flamengo teve uma triste notícia ontem (4). Jorge Luiz Domingos, massagista do Rubro-Negro há 40 anos, morreu em decorrência das complicações causadas pelo coronavírus. Ele estava internado há duas semanas em um hospital na Ilha do Governador e sofreu uma parada respiratória. Ele tinha 68 anos.

Jorginho, como era conhecido, estava no clube da Gávea desde 1980, e acompanhou de perto uma das épocas mais vitoriosas do Fla, tendo trabalhado com nomes como Zico, Júnior, Leandro, Adílio, Andrade, Nunes e companhia.

"É com muita tristeza que o Clube de Regatas do Flamengo comunica o falecimento do massagista Jorge Luiz Domingos, mais conhecido como Jorginho, funcionário mais antigo do Departamento de Futebol e com quatro décadas dedicadas com muito amor, carinho e seriedade ao clube", diz trecho da nota publicada pelo clube.

Alguns nomes do clube se pronunciaram por redes sociais e lamentaram a morte de Jorginho, como o vice-presidente de Futebol Marcos Braz, o goleiro Diego Alves, o zagueiro Rodrigo Caio, e os meias Diego, Gerson e Arrascaeta, e os atacantes Gabigol e Bruno Henrique. Juan, ex-jogador do Fla e que esteve acompanhando o elenco em parte da última temporada, também se pronunciou.

O Rubro-Negro é um dos clubes que vem se mostrando favorável ao retorno dos treinos. Jogadores, comissão técnica e funcionários realizaram testes para Covid-19 nos últimos dias e há um protocolo desenhado para o elenco cumprir.

A diretoria já vinha fazendo pressão para um retorno rápido das atividades tendo cogitado, inclusive, em não estender as férias. Mas, em um primeiro momento, não conseguiu colocar a ideia em prática e teve de, assim como os rivais, prorrogar a folga até o último dia 30.

Jorginho não foi o único caso de coronavírus no Flamengo. Em março, Maurício Gomes de Mattos, vice-presidente de Consulados e Embaixadas, testou positivo para a doença e recebeu alta após uma semana internado.

Veja nota oficial do Flamengo:

"É com muita tristeza que o Clube de Regatas do Flamengo comunica o falecimento do massagista Jorge Luiz Domingos, mais conhecido como Jorginho, funcionário mais antigo do Departamento de Futebol e com quatro décadas dedicadas com muito amor, carinho e seriedade ao clube.

Jorginho estava internado no Hospital da Ilha do Governador e sofreu parada cardíaca após complicações da Covid-19 nesta segunda-feira (04/05). Ao longo de 40 anos, Jorginho conquistou inúmeros títulos com o Flamengo e foi peça muito importante no pentacampeonato mundial da Seleção Brasileira em 2002.

O Clube de Regatas do Flamengo presta condolências à família, amigos e companheiros de trabalho de Jorginho e agradecerá eternamente por toda a sua dedicação durante muitos anos ao Rubro-Negro.

Principais títulos de Jorginho pelo Flamengo

Mundial de Clubes: 1981
Libertadores: 1981 e 2019
Mercosul: 1999
Copa Ouro Sul-americana: 1996 (invicto)
Recopa Sul-Americana: 2020
Supercopa do Brasil: 2020
Campeonato Brasileiro: 1982, 1983, 1987, 1992, 2009 e 2019
Copa do Brasil: 1990 (invicto), 2006 e 2013
Campeonato Carioca: 1981, 1986, 1991, 1996, 1999, 2000, 2001, 2004, 2007, 2008, 2009, 2011, 2014, 2017 e 2019"

Nenhum comentário:

Postar um comentário