30 maio, 2020

Reconhecimento merecido



A indicação é do Deputado Estadual Doriel Barros (PT), a canadense Elizabeth Szilassy, mas conhecida como Beth, nasceu em Simcoe, Ontário – Canadá, em 12/05/1959, seus pais eram agricultores e ela cresceu na zona rural.

Beth é formada em agronomia. Foi ainda no Canadá que ela conheceu o trabalho de Organizações Não Governamentais, ONGs que realizam trabalho de cooperação técnica. Daí fez especialização nesta área durante o último ano da faculdade.

Em solo Brasileiro


Sua chegada ao Brasil foi em 31 de maio de 1983, amanhã (31) completa 37 anos. Se voluntariou com uma ONG da América do Norte, a Comissão Central Menonita CCM, atuando no Brasil em parceria com a Associação Menonita de Assistência Social (AMAS). O primeiro contrato com a AMAS foi de três anos onde atuou no município de Bom Jardim.

 Na Chapada Diamantina - Bahia em 01/2004

Depois ela foi convidada através de Padre Pedro Aguiar a atuar junto às Comunidades Eclesiais de Base CEBs em Tacaimbó, acompanhando o Projeto São Vicente. Acabou atuando em Tacaimbó por catorze anos, com mais quatro contratos de três anos com a AMAS, em parceria com a Cooperativa dos Pequenos Agricultores. Iniciamos a construção de cisternas para captar a água da chuva, além da Apicultura, Banco de Sementes, entre muitas outras atividades.


Em 2000, Beth chega para atuar no município de Brejo da Madre de Deus, atendendo a um convite do amigo Padre Pedro Aguiar junto ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais. Inicialmente sua atuação foi para apoiar a produção orgânica, ajudando na organização da Associação dos Produtores Orgânicos Terra Fértil.

No ano de 2009 foi convidada a atuar na Secretaria de Agricultura, da Prefeitura Municipal, ano em que se desligou da AMAS após 26 anos de serviço. Beth é dirigente no CONDESB desde 2004, atualmente sendo Vice-presidente. Também é Presidente do Conselho de Defesa do Meio Ambiente (CONDEMA) e do Conselho de Alimentação Escolar (CAE). 

A Feira do Verde

No ano de 2000, os membros do CONDESB estavam com a Sementeira Parceiras das Serras, funcionando atrás do galpão da cenoura (ABDAP), produzindo mudas de plantas. Surgiu então a ideia durante uma das reuniões mensais do CONDESEB a realizar a 1ª Feira do Verde, como meio de promover o plantio das mudas, além da conscientização ambiental. 

Título de Cidadã Brejense

Foi em dezembro de 2004 que ela recebeu o Título de Cidadã Brejense, através de Francisco de Assis Oliveira, mais conhecido como Francisco do Sindicato, então vereador pelo PT.

Título de Cidadã Tacaimboense 

Esse foi em 2006 quando o atual prefeito, Àlvaro Marques (PT) era vereador do município. 

Um verdadeira atleta


Beth gosta de praticar atividades físicas, desde a juventude. Ainda em 1983 enquanto morou no Recife durante três meses de estudo de língua português, praticou a corrida. Porém quando veio para o interior de Pernambuco, não encontrou essa atividade. Então começou com outras atividades como subidas da Pedra do Cachorro "já subi 65 vezes ao longo de 32 anos" conta ela. 

Em 2009, iniciou a praticar de escalada em rocha através da ASPER, que organizou dois Encontros de Escaladores Nordestino EENe em Brejo da Madre de Deus em 2010 e novamente em 2017. 


A partir de 2014 começou a participar no atletismo em crescimento em Brejo, com as 8 Corridas de Superação organizadas por Prof. Maurílio. Ao longo dos últimos anos, a pratica do atletismo cresceu no Brejo, com dois grupos de Corrida, o Brejo Running e a Equipe Brejo nas Pistas.
"Participamos em corridas regionais e estaduais, com distâncias de 5 km, 10 km, até Meia Maratona, nos preparando para a Maratona, adiada por causa da pandemia do novo Coronavírus. Também gosto de praticar caminhada (hiking)." Diz a futura cidadã pernambucana.

Em 1994 fez a Trilha dos Incas no Peru, entre Cusco e Macchu Picchu; já visitou o Parque Nacional da Chapada Diamantina na Bahia sete vezes para praticar o ecoturismo. Em 2017 foi a Trilha dos Sete Cumes (33 km) em Brejo da Madre de Deus, com Heraldo Turismo. No ano passado fez a Trilha Bruce no Canadá, com percurso de 900 km ao longo de 35 dias, durante as férias. 

Esta gigante participa na Rede Brasileira de Trilhas de Longa Distância TLD, que objetiva o desenvolvimento de TLD pelo Brasil, no caso da gente, a Trilha Trans Pernambuco.

Quando questionada sobre as alegrias e tristezas, Elizabeth Szilassy tem uma profunda reflexão para você caro leitor; 

"Sinto alegria: no desenvolvimento de pessoas (jovens, agricultores, estudantes, etc.) que se tornam lideranças, após investimento em cursos de formação, etc. Com consciência e compromisso para um mundo melhor, mais justo e solidário, com preocupação pela necessidade do outro, do pobre, do fraco e do meio ambiente tão agredido; no desenvolvimento de atletas que após muito treino e sacrifício, atingem altos níveis de competitividade. 
De pessoas que deixam o sedentarismo de lado e praticam atividades físicas regularmente, melhorando a sua saúde, sem se preocupar com pódios; na conscientização ambiental nas pessoas, aprendendo a cuidar da natureza em vez de agressão. 
Sinto tristeza: na limitação dos avanços (e até retrocessos) por diversos motivos, nas lutas em curso, sendo necessário muito paciência e perseverança para não desistir da caminhada. Sinto decepção vendo a prática do egoísmo humano nu e cru, para atingir os seus objetivos (riqueza, poder, fama), sem ética, sem respeito à vida humano ou da natureza."
Por conta da pandemia causada pelo Novo Coronavírus, os tramites do processo para cerimonia de reconhecimento de Cidadã Pernambucana foi adiado, Doriel Barros disse que fez o encaminhamento por reconhecer o trabalho prestado ao estado de Pernambuco sobre tudo na agricultura familiar. 

Agradecimento 
É um sentimento de agradecimento ao povo pernambucano que me acolheu tão bem. É um povo alegre, sincero, festivo. Juntos com os movimentos sociais do meio rural, foi possível realizar muitas parcerias, ao longo dos anos. Tive muita aprendizagem, pois encontrei uma vida bem diferente do que onde fui criada no Canadá. A minha expectativa era para ficar apenas durante três anos. Mas, na medida que fui me encaixando nos trabalhos, decidi que não poderia deixar as lutas, pois as necessidades aqui era tão gritantes - elas se tornaram a minha missão de vida, para poder contribuir com as minhas habilidades. Para ter êxito precisa ter compromisso e capacidade, nas palavras de Gonzaguinha, de ser um "eterno aprendiz". Estou sentindo realizada, pois apesar de muitos desafios e dificuldades, celebramos muitas conquistas. A qualidade de vida do povo melhorou muito ao longo dos anos. Disse Beth, canadense, cidadã Brejense e futura cidadã Pernambucana. 
A expectativa é quando tudo normalizar e ALEPE volta suas atividades presenciais e já tiver permitido as cerimonias, Beth receba o titulo de cidadã Pernambucana.

Veja outras fotos dessa guerreira 
 












Conteúdo: Blog do Allison Torres / Blog Jocélio Araújo
Fotos: Arquivo pessoal / Arnaldo Vitorino 

6 comentários:

  1. Pois e Beth! Fico muito feliz em poder e estar junto com você em vários momentos dessa incrível jornada. Minha admiração por vc continua, independente de tudo, vc fez e faz por onde merecer este título de nosso municipio stafo oferecido a vc. Gostaria de estar presente para poder retratar mais uma vez suas conquistas. Um abraço fraterno de quem lhe admira muito e, tem um carinho do tamanho do seu coração.

    ResponderExcluir
  2. Que beleza Beth. Importante reconhecimento, que é de todos nós.
    Ricardo Braga

    ResponderExcluir
  3. Beth vc merece desde 1993 que a gente se conhece nós aprendemos muito com vc a sua presença e seu empenho em tornar as coisas sempre mais fácil sempre correr atrás vc merece mais .

    ResponderExcluir
  4. Parabéns Beth!
    Orgulho de ter te conhecido e aprendido tantas coisas boas ao seu lado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Lenildo e demais moradores da Vila Augusto. Estamos na luta juntos.

      Excluir
  5. Obrigada a todos/as que de uma maneira ou outra contribuíram para os trabalhos. O nosso trabalho depende de muitas parcerias, que avançaram para alcançar os resultados desejados. Sem vocês, não seria possível.

    ResponderExcluir