30 julho, 2020

Eduardo da Fonte condena reajuste tarifário e diz que Celpe no topo de reclamações do Procon “não surpreende”


O deputado federal Eduardo da Fonte (PP) destacou o ranking de reclamações do Procon, que coloca a CELPE no topo desde que o órgão retornou com os atendimentos presenciais, para condenar o reajuste tarifário que a companhia impôs aos consumidores a partir deste mês.

“Nós já entramos com um processo para suspender esse reajuste abusivo. A CELPE tenta jogar nas contas dos consumidores um problema de economia interna da companhia. Quer que o povo pernambucano pague quase R$ 50 milhões em compensação de crédito. O ranking do Procon deixa muito claro que o cidadão não está recebendo o serviço equivalente ao alto valor que paga”, afirmou Eduardo da Fonte. 

De acordo com os dados do Procon, a CELPE teve mais reclamações que grandes redes varejistas e até que operadoras de telefonia e internet. A maior parte das queixas é por cobranças indevidas e/ou abusivas. No ano passado, a CELPE também figurou no topo do Procon como a empresa com o maior número de reclamações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário