09 julho, 2020

SERRA TALHADA: TRICENTENÁRIO IRÁ GERIR HOSPITAIS

Foto: Hélia Scheppa/SEI

O secretário estadual de Saúde, André Longo, assinou, nesta quinta-feira (02.07), o contrato de gestão da Organização Social (OS) que irá gerir o Hospital de Campanha de Serra Talhada e o Hospital Geral do Sertão Eduardo Campos. Ambos os serviços ficarão sob responsabilidade do Hospital do Tricentenário, que, nos próximos dias, iniciará a contratação de pessoal e equipagem para colocar as estruturas em funcionamento. 

Ao todo, o Hospital de Campanha de Serra Talhada contará com 100 leitos de enfermaria, enquanto o Hospital Geral do Sertão terá 28 de enfermaria e 30 de UTI. "Desde o início da pandemia, o Hospital Professor Agamenon Magalhães, o Hospam, vem prestando assistência à população da região. Agora, com o processo de interiorização da doença, vamos ter novas estruturas para acolher o público, dentro do esforço do Governo de Pernambuco de dotar todas as regiões do Estado de leitos exclusivos para os pacientes suspeitos e confirmados do novo coronavírus", afirma o secretário André Longo. O gestor lembra que os novos leitos serão abertos gradativamente, até chegar à capacidade máxima. 

"Mesmo com a abertura dessas novas vagas, precisamos continuar chamando a atenção do público para a importância do isolamento social e de continuar seguindo as medidas de higiene e segurança para evitar novos adoecimentos, casos graves e, consequentemente, óbitos. Precisamos frear esse processo de interiorização da doença, diminuindo o grau de transmissibilidade e gerando saúde para os pernambucanos", pontua Longo. 

Além do Hospital de Campanha de Serra Talhada, já está em funcionamento a unidade de Caruaru, com 50 leitos abertos (20 de UTI e 30 de enfermaria). Também está sendo erguido um equipamento em Petrolina, com mais 100 leitos. Juntos, os três hospitais de campanha demandaram um investimento de R$ 4,1 milhões do Governo do Estado para suas montagens.

RESPIRADORES - Além da abertura de leitos na rede estadual, o Governo de Pernambuco também tem auxiliado os municípios na abertura de suas estruturas. Nesta quinta (02.07), foram encaminhados para Ouricuri 5 respiradores e 5 monitores de monitoramento de sinais vitais, que vão propiciar a abertura de novos leitos na cidade. Na última quarta (1º.07), 5 respiradores foram entregues para a gestão municipal de Garanhuns, além e outros 5 para o Hospital Jesus Pequenino, em Bezerros. 

Esses equipamentos se somam os 20 respiradores entregues nesta semana para o Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru; e 50 respiradores para Petrolina, sendo 40 para o Hospital Universitário da Univasf e 10 para a Unidade Pernambucana de Atenção Especializada (UPAE). Para o Sertão do São Francisco, foi necessário um comboio de 6 veículos que, além dos respiradores, levaram 100 mil EPIs e diversos equipamentos hospitalares.

“Nosso trabalho tem um olhar restrito para a Saúde, com o objetivo de salvar vidas, sem nenhum viés político. Toda a estrutura do Governo de Pernambuco, por determinação do nosso Governador Paulo Câmara, está empenhada para garantir a assistência aos pacientes, neste que já é o maior esforço sanitário, logístico e de mobilização de recursos humanos”, ressaltou André Longo na transmissão online de hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário